“My name is William Rast”

A campanha de outono da William Rast, a marca de roupas de Justin Timberlake, está no ar. Depois de muitas especulações sobre quem seria a estrela das campanhas, o mais lógico aconteceu: Justin é o protagonista. Ao seu lado, Erin Watson representa a linha feminina. A partir do mês que vem, o vídeo promocional será divulgado; Johan Lindeberg foi quem dirigiu o mini filme chamado “My name is William Rast”. Nele, Justin e Erin interpretam um casal fora da lei. Os fãs ansiosos podem matar a curiosidade visitando o site.

Anúncios

4 Respostas to ““My name is William Rast””

  1. Claudio Says:

    Haha,

    o material gráfico ficou bem legal. Gostei do estilo q usaram. Mas o cara ser dono da grife e ainda querer ser o modelo, é meio ridículo.
    O clima meio Fight Club da campanha só me lambra de uma coisa:

    ” His name is Robert Pulssen…”

    Mas eu não espero nada diferente desse cara. Falta de criatividade no conceito, mas a execução está boa. Me supreendi com a qualidade gráfica dessa peça. Você tem mais peças? Gostaria de vê-las.

  2. Nanda Says:

    amoooo o Justin!

  3. “My Name is William Rast” - trailler « Fashion Street Says:

    […] Name is William Rast” – trailler Lembra que falei aqui sobre a campanha da marca de roupas de Justin Timberlake? Pois as primeiras imagens de “My […]

  4. HIRAN PINEL Says:

    Que obras de arte esses curtas-metragens com Justin Timberlake (lança a moda masculina WR) e Erin Watson (atriz – lançando a moda feminina WR)! Já estão ficando clássicos (os vídeos) devido não apenas a qualidade da narrativa-central (indo ao encontro aos reflexos da sedução advinda da bandiagem romântica), mas também pela diferenciação (de iamgéticas) no mercado de moda & estilismo; destaca-se também pela inclusão de um JT alternativo (bandido – ele faz sempre papel de mocinho; fumando – ele é obsesivo compulsivo e adora limpeza ritualística). Vou correr pra Nova York e comprar mais uma peça WR para enfeitar meu lindo “corpichio”, pois desejo aumentar a fotuna e fama do JT – rsrsr De fato sou fã do mocinho que, nos curtas, se interpreta cometendo simpáticos crimes (crimes imaginários – reflito eu) tendo a moda como leitmotiv. Ser JT é cometar tais crimes em nossa imaginação. – Hiran Pinel.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: